Red.: Marcos Felipe

Com a decisão de saída do governo cubano do Programa Mais Médicos, na última quarta-feira (14), após reivindicações feitas pelo governo eleito de Jair Bolsonaro, levanta-se o questionamento quanto à saída dos profissionais cubanos que atuam no município de Parintins.

Em conversa com o Jornalismo Alvorada, o secretário de Saúde Clerton Rodrigues, afirma que as mudanças devem ocorrer de forma gradativa.

– Ainda não fomos informados oficialmente pela coordenação estadual. Estamos aguardando o resultado da reunião do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde, o Cosems, em Manaus, para iniciar esse processo de discussão e essa gradativa mudança que vai acontecer. A ideia é não sair todos os médicos cubanos, pois existem profissionais atuando na zona rural e urbana do município – assegurou o secretário de saúde.