Alvorada Parintins

Área Indígena Sateré Mawé do Rio Andirá confirma primeiro caso da Covid-19

Por conta de um agravamento em seu estado clínico, o paciente precisou ser tranferido para a ala indígena do Hospital Nilton Lins, em Manaus, onde segue internado.

O Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI/Parintins) anunciou o primeiro caso confirmado do novo coronavírus na área indígena Sateré Mawé do município de Barreirinha, no rio Andirá. Trata-se de um jovem de 15 anos, da Aldeia Torrado.

O indígena foi removido para o município de Parintins onde realizou o teste que confirmou positivo para a Covid-19.

Por conta de um agravamento em seu estado clínico, o paciente precisou ser transferido para a ala indígena do Hospital Nilton Lins, em Manaus, onde segue internado.

O coordenador do DSEI/Parintins, José Augusto Nenga, afirmou que que tomar conhecimento conhecimento da situação, o órgão acompanhou o caso e realizou os primeiros procedimentos.

O chefe do órgão destacou que o número de casos confirmados com a Covid-19 dentro do DSEI/Parintins é inferior a de outros órgãos de saúde indígena e orientou ainda que para manter essa posição, as populações indígenas devem continuar em suas aldeias, obedecendo as normas estabelecidas para evitar a proliferação do vírus.

“O DSEI/Parintins permanece com esse caso em 65 casos positivos para a Covid-19. No Amazonas, nós somos o penúltimo DSEI em quantidade de casos confirmados e continuamos adotando todas as medidas necessárias no enfrentando da doença para manter esse baixo índice de contaminação. Continuamos pedindo a colaboração das comunidades, das lideranças, dos conselheiros distritais para que permaneçam em suas aldeias, permaneçam isolados, evitem os centros urbanos, evitem receber visitas, porque apesar de estar sendo noticiado que a doença está passando nos centros urbanos, mas o fato é que só agora a contaminação está chegando nos municípios pequenos e comunidades rurais mais distintas, como é o caso das terras indígenas.”, alertou o coordenador.

Por: Rafaela Soares e Marcos Felipe
JORNALISMO AO VIVO VERTICAL
você pode gostar também