Alvorada Parintins

Barreirinha-AM decreta situação de emergência devido a cheia dos rios

O Paraná do Ramos e Rio Andirá já transbordaram e o município registra mais de 30 pontos de alagamento.

O transbordamento do Paraná do Ramos e do rio Andirá em 2021 está próximo de superar a cota recorde registrada em 2009, ano em que a cheia dos rios deixou grandes prejuízos no município de Barreirinha (distante a 331 km de Manaus). Nesta terça-feira (04), o prefeito em exercício, Ridson Barbosa, assinou o Decreto Nº 276/2021, instaurando Situação de Emergência a partir desta quarta-feira (05), devido ao desastre natural de subida das águas.

O instrumento administrativo deve mobilizar uma série de medidas, reunindo toda a estrutura dos órgãos municipais, que juntamente a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), vão somar forças na assistência aos moradores das áreas mais afetadas, abrangendo 22 comunidades ribeirinhas e nove bairros da sede municipal.

De acordo com Ridson Barbosa, a situação de emergência se dá pela rapidez em tomar providências a favor da população. “Este ano promete uma das maiores cheias da história da nossa região, dessa forma, nós do poder público estamos tomando todas as providências necessárias neste momento. Estamos cientes da gravidade da situação, mas deixo claro que tudo que está ao nosso alcance estamos nos empenhando para fazer”, ressalta.

Para o momento, estão garantidos pelo decreto a convocação de voluntários para reforçar as ações de resposta ao desastre e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência. O prazo de validade do Decreto será de 90 dias e poderá ser prorrogado por mais 180 dias, caso necessário.

*Por assessoria

JORNALISMO AO VIVO VERTICAL
você pode gostar também