Alvorada Parintins

Bispo da Diocese de Palmares-PE, Dom Henrique Soares morre de Covid-19

Dom Henrique, de 57 anos, estava desde o último dia 4 de julho na UTI do Hospital Memorial São José, no Recife (PE).

Faleceu na noite deste sábado, 18 de julho, o bispo da Diocese de Palmares (PE), dom Henrique Soares da Costa, 57 anos, em decorrência da Covid-19. Dom Henrique estava desde o último dia 4 de julho na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Memorial São José, no Recife (PE). No último dia 16, ele apresentou dificuldade para respirar e queda na oxigenação sanguínea. Por causa do quadro delicado, o religioso precisou ser entubado.

Desde a segunda-feira, 13 de julho, a diocese de Palmares promove a “Semana de Oração pela recuperação de dom Henrique”. A cada dia uma forania ficou responsável por conduzir momentos de intercessão pela saúde do bispo, das 8h às 12h, com transmissão pela internet.

De acordo com a Pastoral da Comunicação (Pascom) de Palmares, o bispo estava consciente e seu estado de saúde foi considerado estável. “Ele está sereno e enfrentando este momento com muita espiritualidade. Seguimos pedindo ao Sagrado Coração de Jesus [padroeiro da Diocese de Palmares] que derrame sobre nosso bispo a cura e que ele retorne a seu pastoreio”, afirmou o coordenador diocesano da Pascom, padre Ivanildo Oliveira.

No site da diocese, em seu último artigo publicado dia 30 de junho de 2020, o bispo escreveu sobre “Pedro e a Igreja e Pedro na Igreja”, no qual aprofundou o papel de Pedro e Paulo, apóstolos, na edificação da Igreja de Cristo. “Os dois eram como um só! E ainda, para terminar o mais importante: o amor manifestado na total coerência de vida, na entrega de toda a existência doada a Cristo Senhor, o Messias, o Filho do Deus vivo: ‘Amemos a fé, a vida, os trabalhos, os sofrimentos, os testemunhos e as pregações destes dois apóstolos’. Sem isto, nenhum ministério pastoral na Igreja é legítimo ou digno do Cristo, Bom e único Pastor do rebanho!”, escreveu.

Trajetória

Dom Henrique Soares da Costa nasceu no dia 11 de abril de 1963 em Penedo, Alagoas. Aos 18 anos de idade ingressou no Seminário de Maceiro e em 1984 concluiu o bacharelado em filosofia pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal). No período de 1985 a 1989 foi noviço no Mosteiro de São Bento, na cidade do Rio de Janeiro, e no Mosteiro Trapista de Nossa Senhora do Novo Mundo.

Regressou para o Seminário de Maceió, em 1990 onde iniciou a faculdade de Teologia. No ano seguinte, foi para Roma e concluiu a Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana, com mestrado em Teologia Dogmática.

Foi ordenado sacerdote no dia 15 de agosto de 1992. Como sacerdote, foi reitor da Igreja Nossa Senhora do Livramento, em Maceió, de 1994 a 2009 foi professor de teologia no Seminário Provincial de Maceió e no Curso de Teologia do Centro de Estudos Superiores de Maceió. Também foi professor no Instituto Franciscano de Teologia, em Olinda (PE), e no Instituto Sedes Sapientiae, no Recife.

Foi membro do Conselho Presbiteral da Arquidiocese de Maceió, do Cabido Metropolitano e do Colégio de Consultores. Ainda foi Vigário Episcopal para os leigos e coordenador da Comissão de Formação Política e responsável pelos diáconos permanentes e pela escola diaconal arquidiocesana.

Em 1º de abril de 2009 foi nomeado pelo Papa Bento XVI como bispo auxiliar da Arquidiocese de Aracaju. Foi ordenado bispo no dia 19 de junho de 2009, por dom Antônio Muniz Fernandes, Arcebispo de Maceió. Seu lema episcopal era “In Christo Pascere” (“Apascentar em Cristo”).

No dia 19 de março de 2014, o Papa Francisco o nomeou bispo da Diocese de Palmares. No Regional Nordeste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB NE2) era presidente da Comissão Regional Pastoral para Cultura e Educação.

Também foi membro do Conselho Presbiteral da Arquidiocese de Maceió, coordenador da Comissão de Educação Política, articulista em vários jornais da cidade de Maceió, do Jornal da Cidade, em Aracaju e editorialista e articulista do jornal arquidiocesano O Semeador, em Maceió.

Ele foi bispo Titular de Acúfida e auxiliar e vigário geral de Aracaju desde 2009. Apresentou o programa dominical Hora Católica, pela Rádio Cultura de Sergipe, foi bispo referencial para os Religiosos do Regional Nordeste III da CNBB, vice-presidente da Região Pastoral Sergipe do Regional Nordeste III.

JORNALISMO AO VIVO VERTICAL
você pode gostar também