Alvorada Parintins

Boi Caprichoso atua na redução de dívidas e evita novo leilão

Em menos de dois meses à frente da associação cultural, quatro leilões já foram evitados pela nova gestão de Jender Lobato

O presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato, vivenciou uma semana intensa, marcada por reuniões, audiências, acordos e ensaios, em preparação ao lançamento do tema 2020. O dirigente azulado atuou em oito audiências na Justiça do Trabalho de Parintins. Em quase dois meses de gestão, o presidente já evitou quatro leilões.

Enquanto as atenções estão voltadas ao evento de apresentação da temática, no sábado, no curral Zeca Xibelão, 09, Jender defendeu o boi e firmou um novo acordo trabalhista, na quinta-feira, 07. O presidente negociou um débito com colaborador do Boi Caprichoso, desde 2014, que acarretou no leilão de um dos galpões do bumbá.

Jender começa a mostrar os resultados do comitê de gestão de crise e coleciona marcas importantes neste início de trabalho. “Mesmo com todas as nossas atenções voltadas para o grande lançamento do tema, pessoalmente, fiz oito audiências nesta semana. Em pouco mais de dois meses, já foram quatro leilões evitados”, assegura o presidente.

É o primeiro presidente na história do Boi Caprichoso a encarar de frente os credores e a apresentar soluções eficazes. “Com a tranquilidade e o jeito de fazer administração, sempre com muito diálogo com todos, estamos conseguindo fazer acordos importantes, lutando para que o boi não perca patrimônios”, frisa.

A partir da implementação de uma gestão eficiente, Lobato afirma que os setores artísticos e administrativos irão caminhar harmonicamente. “Este é um momento em que todos estão preocupados com o tema, mas não esquecemos as outras áreas do boi. Tudo tem que andar em harmonia para que consigamos fazer um projeto campeão”, conclui.

*Com informações de assessoria
você pode gostar também