Red.:Ednilson Maciel

Em reunião com a diretoria do COAGVA, Coordenação dos Assentados da Gleba de Vila Amazônia, a PATE: Parintins Amazonas Transmissora de Energia S.A, anuncia a retomada do Planejamento, Construção e Operação do Linhão de Tucuruí a Parintins. É o que afirma Raimundo Rocha, coordenador do Coagva.

Nesse sentido a Consultoria Ambientare deve iniciar os trabalhos dentro do Projeto de Assentamento da Gleba de Vila Amazônia. A Ambientare Soluções Ambientais Ltda, sediada em Brasília foi a contratada pela Parintins Amazonas Transmissora de Energia S.A para elaborar o Estudo Ambiental do empreendimento.

A Linha de Transmissão 230 kv Oriximiná-Juruti-Parintins e Subestações Associadas, uma iniciativa do Governo Federal, estão projetadas em uma área que contempla os municípios de Oriximiná, Óbidos e Juruti, – no estado do Pará – e o município de Parintins, no estado do Amazonas.

A Linha de Transmissão 230 kv Oriximiná-Juruti-Parintins tem 224,1Km de extensão e interligará a Subestação Oriximiná, no Pará, à Subestação Parintins – no Amazonas.

A PATE S.A deu início ao processo de licenciamento ambiental junto ao Ibama, por meio do processo nº 02001. 001988/2019-68.