Alvorada Parintins

EMTT e PM realizam blitz no primeiro dia do ano em Parintins

A maioria dos veículos parados nas blitz foi devido ao não uso do capacete de segurança.

A Empresa Municipal de Trânsito e Transporte de Parintins (EMTT), juntamente com a Polícia Militar, realizou nesta quarta-feira (1) blitz em diversos pontos da cidade, com o intuito de minimizar imprudências e crimes de trânsito.

Segundo os agentes de trânsito, foram cobrados apenas os itens e acessórios obrigatórios, como capacetes, retrovisores, faróis, emplacamento e regularidade do veículo. As abordagens aconteceram na saída da Ponte Amazonino Mendes e na Avenida Amazonas, em frente a Catedral de Nossa Senhora do Carmo.

Foto: Liam Cavalcante

A maioria dos veículos parados nas blitz foi devido ao não uso do capacete de segurança, um item obrigatório, segundo o Código de Trânsito Brasileiro. Em Parintins, os agentes de trânsito ainda não aplicam multas, mas a penalidade para esta infração é o pagamento de R$ 293,47 e a suspensão do direito de dirigir.

Algumas motocicletas foram retidas e encaminhadas ao prédio da EMTT e os proprietários foram orientados a comparecer ao órgão para retirar o veículo.

EMTT sob nova direção

Desde o dia 26 de dezembro, o engenheiro Diego Leitão Mascarenhas é o novo diretor-presidente da Empresa Municipal de Trânsito e Transporte de Parintins (EMTT). Diego Mascarenhas assume interinamente a EMTT após o ex-diretor Álvaro Cerdeira pedir exoneração do cargo no dia 18 de dezembro.

O novo diretor-presidente da EMTT diz que trabalhará prioritariamente na educação no trânsito com palestras e difusão de campanhas nas mídias sociais. “A nossa prioridade agora vai ser realmente a educação no trânsito, tentar educar as pessoas, passar uma imagem de que a gente pode trabalhar dessa forma aqui na cidade pra gente ter um trânsito melhor”, enfatiza.

Red.: Liam Cavalcante
JORNALISMO AO VIVO VERTICAL
você pode gostar também