Alvorada Parintins

Família cria vaquinha para tratamento de menino com doença degenerativa em Maués

Fabiano Lorenzo, de 3 anos, foi diagnosticado com a Atrofia Muscular Espinhal tipo 2 (AME), uma doença degenerativa que não tem cura.

A família do pequeno Fabiano Lorenzo, de 3 anos, natural do município de Maués (AM), diagnosticado com Amiotrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 2, doença genética caracterizada pela perca dos neurônios motores, criou uma vaquinha virtual (http://vaka.me/1482508) para comprar o medicamento nusinersena, não disponível no Sistema Único de Saúde (SUS) e que custa R$ 12 milhões dose única que a criança precisa tomar. Uma campanha também foi formada nas redes sociais em prol a saúde de Fabiano.

De acordo com a mãe de Fabiano, Loureine Brandão, Biano, como a criança é chamada, se desenvolveu saudavelmente, se alimentou do leite materno até aos 2 anos e 3 meses, sentou com 4 meses, engatinhou como 6 meses e andou com 11 meses. Com isso notou-se um andar diferenciado comparado a outras crianças, falta de equilíbrio e quedas frequentes. “Logo teve sua primeira consulta com ortopedista, nada resolvido, foi encaminhado ao neuropediatra. Foi uma luta para conseguir a consulta então com 2 aninhos começaram os exames. Aos 3 aninhos, no dia 14 de novembro, infelizmente Biano foi diagnosticado com Amiotrofia Muscular Espinhal tipo 2”, relatou Loureine.

As pessoas também podem ajudar depositando qualquer valor na conta poupança da Caixa de Loureine: agência: 3468, operação: 013, número: 00021828-1. “Sozinha eu não consigo esse dinheiro, mas com ajuda de vocês tenho certeza que irei conseguir vencer essa luta”, desabafou a mãe de Biano.

Por Gilson Almeida | Parintins 24 Horas

JORNALISMO AO VIVO VERTICAL
você pode gostar também