Alvorada Parintins

Filtros do Festival Folclórico de Parintins nas redes sociais já alcançaram mais de 25 mil pessoas

Bois voltam a se enfrentar entre os dias 24 e 26 de junho, no Bumbódromo.

Os filtros interativos do 55º Festival Folclórico de Parintins foram utilizados mais de 25 mil vezes nas redes sociais. O Governo do Amazonas, por meio da página da Secretaria de Cultura e Economia Criativa no Instagram (@culturadoam), lançou, neste mês, um pacote de filtros e gifs com a temática dos bumbás Caprichoso e Garantido. Os bois voltam a se enfrentar entre os dias 24 e 26 de junho, no Bumbódromo de Parintins.

Nesta semana mais duas novidades foram liberadas e, até o momento, estão disponíveis cinco filtros interativos para as duas agremiações, com quiz e muita representatividade dos bois Caprichoso e Garantido.

Ao todo, 28 gifs estão disponíveis para o público utilizar nos stories do Instagram. Para o uso, basta buscar as palavras “Parintins”, “Caprichoso”, “Garantido”, além do @culturadoam no buscador de figurinhas da plataforma. Estrelas, corações, tambores, violões, além dos gifs animados de “Parintins 2022” já podem ser utilizados pelos seguidores.

A ação visa impulsionar a interatividade com o público, segundo o secretário Marcos Apolo Muniz. De acordo com o Google Trends, no Amazonas, o termo “Festival de Parintins” teve um aumento na busca de 300% nos últimos 90 dias.

“Depois de dois anos de saudade, nós pensamos em uma forma de aproximar o festival de todos, por meio das redes sociais”, acrescenta o secretário.

 

Mais cultura 

Com intuito de fortalecer o movimento cultural amazônico nas redes sociais, a pasta de Cultura e Economia Criativa também disponibiliza os gifs #tônaculturadoam e os espaços culturais animados do Teatro Amazonas e do Centro Cultural Palácio Justiça. O Espaço +Cultura também ganhou versão de GIF para as redes sociais.

Os materiais foram desenvolvidos pela equipe de Comunicação da Secretaria, com coordenação de Amanda Brasil, Felipe Grimm, Giovanna Guimarães e Claude Brito.

 

Por: Secom

Relacionadas
Deixe um comentário