Red: Cleimer Carneiro

O geógrafo Camilo Ramos juntamente com os pesquisadores em iniciação Cientifica, Michel e Linara, realizaram um levantamento da frente da cidade para analisar se aconteceu mudança no processo erosivo, na manhã desta quarta-feira (7).

Pesquisadores do Projeto de Iniciação Cientifica fazem estudos sobre a erosão fluvial na frente de Parintins. O processo erosivo da frente da cidade está comprometido, segundo o geógrafo e professor, doutor em Geografia Física Camilo Ramos.

– Este problema não é novidade pra ninguém, mas é um perigo constante. Nós fizemos o levantamento de toda frente da cidade, desde o matadouro. Verificamos as erosões, como está cavado por baixo e fazemos as medições – comentou o professor.

Segundo Camilo, a parte oeste da frente do município é um perigo e está sendo acompanhada pelos pesquisadores. Existem grandes rachaduras no Muro de Arrimo, um risco aos turistas, moradores e trabalhadores da área.