Alvorada Parintins

Governo do Amazonas suspende transporte intermunicipal de passageiros

A decisão foi tomada após recomendação da DPE-AM; Decreto também suspende o funcionamento de academias.

Nesta terça-feira (12), o Governo do Amazonas editou um novo decreto, suspendendo os serviços de transporte intermunicipal de passageiros (fluvial e rodoviário), o funcionamento de academias e centros de ginástica, e a utilização de marinas para atividades de lazer. O documento deve ser publicado ainda hoje no Diário Oficial.

Na última sexta-feira, dia 08, a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) recomendou ao Governo do Amazonas a suspensão do transporte fluvial e terrestre intermunicipal de passageiros, como forma de conter o avanço da pandemia no Estado.

O transporte de passageiros pelos rios foi apontado como responsável pela chegada da Covid-19 nos municípios do interior. Uma pesquisa feita pela Universidade Federal no Amazonas (Ufam), mostrou que a suspensão do transporte fluvial no Estado, durante os primeiros meses da pandemia, impediu que mais de 100 mil pessoas fossem infectadas pela Covid-19.

Conforme o documento, as medidas entram em vigor ainda nesta terça-feira, dia 12, e altera os itens do decreto inicial, publicado no dia 4 de janeiro, o qual suspendeu o funcionamento dos serviços não-essenciais em todo Estado. A medida vale vai até o dia 19 de janeiro.

Clique aqui e confira o decreto na íntegra.

JORNALISMO AO VIVO VERTICAL
você pode gostar também