Alvorada Parintins

Homem que espancou artista parintinense Zilkson Reis se entregar à polícia de SP

O suspeito diz que cometeu as agressões após ter sido informado que o carnavalesco amazonense estuprou uma mulher no barracão da Gaviões da Fiel, em São Paulo.

Thiago Carlos Dionísio, que espancou o carnavalesco da escola de samba Gaviões da Fiel, Zilkson Reis, se entregou à Polícia Civil de São Paulo e foi preso nesta quarta-feira (11). Ele tinha um mandado de prisão temporária expedida por tentativa de homicídio, informou a polícia.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

A agressão aconteceu no dia 27 de março. Segundo o advogado da escola de samba, Ricardo Cabral, o carnavalesco foi agredido por ter estuprado uma mulher que estava dormindo no barracão da escola dentro da Fábrica do Samba.

“A moça contou para o Thiago [agressor] o que havia acontecido, o Thiago agindo, sem dúvida nenhuma, mediante violenta emoção acabou – ele confessou essa situação – deferindo socos e chutes motivado pela emoção porque tinha acabado de ser notificado de um estupro”, afirmou o advogado na época.

Nesta quinta-feira (12), Thiago Dionísio passará por audiência de custódia.

O carnavalesco foi internado em estado grave. Questionada nesta quinta-feira (12) sobre seu estado de saúde, a Gaviões da Fiel informou que não tem informações sobre seu estado de saúde.

A mulher que teria sofrido abuso prestou depoimento no dia 30 de março em uma Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) na Zona Norte da capital.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Na época da agressão, a advogada do carnavalesco Zilkson Reis negou que ele tenha estuprado a mulher. “Em relação a conflito com a menina, briga, ciúme ou abuso, qualquer uma dessas versões são inverídicas, eu conheço o Zilkson, ele seria incapaz de cometer tamanha atrocidade. As agressões contra ele é de tamanha intensidade que nada justificaria, uma tentativa de homicídio dentro do ambiente de trabalho dele, dentro da Gaviões”, afirmou Cláudia Vieira Alves.

Procurada, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) ainda não informou sobre o andamento da investigação de estupro.

Por TV Globo e g1 SP

Relacionadas
Deixe um comentário