O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente dos Recursos Naturais e Renováveis (Ibama) anuncia que vai executar o “Plano Operacional 2018” com a realização de uma mega operação no combate a crimes contra o meio ambiente.

O chefe do órgão em Parintins, Messias Cursino, explica que a data não pode ser revelada para não despertar atenção dos infratores.

Ele informou que o foco das fiscalizações será voltado às madeireiras localizadas nas regiões do Mamuru e Uaicurapá, de onde estão chegando inúmeras denúncias da retirada e transporte ilegal de madeira, além da área indígena Andirá/Mamuru onde está havendo conflito de terras e ameaças os indígenas da etnia Sateré Mawé.

As operações também vão abranger os municípios de Barreirinha, São Sebastião do Uatumã e Nhamundá para averiguar as inúmeras denúncias de crimes ambientais.

As áreas do PA Vila Amazônia também estão inclusas nas fiscalizadas. São aproximadamente 300 quilômetros de estradas, ramais e vicinais que a equipe do Ibama vai percorrer para identificar os crimes ambientais denunciados diariamente no órgão.

Red.: Neudson Corrêa, com informações do Repórter Parintins