Alvorada Parintins

Icsez promove I Seminário de Estudos em Folkcomunicação de Parintins

Evento está marcado para os dias 24 e 25 de junho e propõe realizar discussões a respeito das manifestações festivas amazônicas sob à luz dos fundamentos da teoria da Folkcomunicação.

O curso de Comunicação Social/Jornalismo do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ), da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), realiza nos dias 24 e 25 de junho de 2021 o I Seminário de Estudos em Folkcomunicação de Parintins. A programação será completamente virtual, em virtude dos protocolos sanitários impostos pela pandemia da covid-19, e a temática escolhida para o evento foi “Evidências folkcomunicacionais nas festas amazônicas: construindo identidades e protagonismos”.

O seminário propõe realizar uma discussão e uma leitura das manifestações festivas amazônicas pela perspectiva comunicacional, sob os fundamentos da Folkcomunicação – teoria brasileira criada por Luiz Beltrão. O objetivo central do evento é viajar além da dimensão simbólica das festas e entender a dinâmica, os processos e os fluxos comunicacionais nessas manifestações populares. Além disso, busca-se divulgar, socializar e democratizar a teoria da Folkcomunicação.

Foto: Reprodução/Divulgação

A realização do evento emerge dos ensinamentos teóricos da disciplina “Folkcomunicação”, inserida atualmente na matriz curricular do curso de Comunicação Social/Jornalismo do ICSEZ, ministrada pelo professor doutor Adelson da Costa Fernando, diretor regional Norte da Rede Folkcom. Os acadêmicos são os principais responsáveis pela organização do seminário, agrupados em equipes de secretaria, equipe cultural (gravação e edição), equipe de comunicação (divulgação) e equipe de cerimonial.

O evento é co-realizado pelo Grupo de Pesquisa em Comunicação Cultura e Amazônia (Trokano), com apoio incondicional do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ), e pela Rede de Estudos e Pesquisa em Folkcomunicação (Rede Folkcom). De acordo com o líder do grupo Trokano, Allan Rodrigues, o evento confirma Parintins como um polo de produção científica das ciências humanas. “A cidade já sediou duas jornadas folkcomunicacionais e a Conferência Brasileira de Folkcomunicação, com destaque para o volume de trabalhos apresentados pelos parintinenses. Nosso seminário consolida toda essa produção acadêmica presente na terra do folclore”, expressa.

Inscrições

As inscrições para o I Seminário de Estudos em Folkcomunicação de Parintins estão abertas e são feitas exclusivamente pela internet, de forma gratuita, por meio do link https://doity.com.br/seminariofolk/inscricao. Podem se inscrever estudantes de graduação, professores, pesquisadores, jornalistas e todos os profissionais envolvidos nas manifestações festivas da Amazônia.

De acordo com o professor doutor Adelson da Costa Fernando, a proposta é integrar o maior número de pessoas possíveis e dessa forma construir um diálogo enriquecedor. “Nós estamos muito felizes em proporcionar o debate, sob à luz dessa teoria genuinamente brasileira, a respeito das festas tradicionais dessa terra tão peculiar que é Parintins. Esperamos que as discussões possam florescer grandes trabalhos dentro da perspectiva da folkcomunicação”, destaca.

Programação

Quinta-feira, dia 24 de junho:

  • 18:00 – 18:30 Momento musical
  • 18:00 – 18:30 Mostra de vídeos: festas amazônicas
  • 18:30 – 19:00 Cerimônia de abertura
  • 19:00 – 20:00 Conferência de abertura: “As festas populares como sistemas folkcomunicativos: fortalecendo identidades e construindo protagonismos.
  • 20:00 – 20:25 Mostra de fotografias
  • 20:25 – 21:00 Estação musical

Sexta-feira, dia 25 de junho:

  • 18:00 – 18:30 Momento musical
  • 18:45 – 19:00 Mostra de Fotografias
  • 19:00 – 20:00 Mesa Redonda: “Festas amazônicas na aldeia global: do simbólico aos processos folkcomunicacionais”
  • 20:25 – 21:00 Mostra de vídeos: festas amazônicas

A programação completa, com detalhes dos palestrantes e conferencistas, pode ser acessada por meio do link https://doity.com.br/seminariofolk/calendario.

JORNALISMO AO VIVO VERTICAL
você pode gostar também