Alvorada Parintins

Imagem da Virgem de Nazaré sobrevoa Belém no encerramento do Círio 2020

Procissão religiosa que atrai 2 milhões de pessoas a Belém foi cancelada por causa da Covid-19.

O Círio de Nazaré, que costumava atrair 2 milhões de pessoas para Belém, foi diferente neste ano. Em razão da pandemia do coronavírus, a procissão oficial foi cancelada por recomendação das autoridades de saúde, para evitar aglomerações. Mesmo assim, neste domingo (11), milhares de pessoas fizeram o trajeto que normalmente é realizado com a Imagem Peregrina da padroeira.

Nas ruas, vários grupos de pessoas fizeram seu Círio alternativo, levando para a caminhada de fé berlindas caseiras, cordas, objetos em cera para o pagamento de promessas e, levando no peito o principal sentimento que envolveu a todos: a gratidão.

Programação

A programação do Círio 2020 iniciou às 7h, com uma missa na Catedral de Belém, presidida pelo Arcebispo Dom Alberto Taveira. A cerimônia foi fechada para devotos, que mesmo assim se reuniram no entorno da igreja.

Ao término da celebração, o arcebispo aproximou a imagem do povo presente e fez um breve discurso antes que a Imagem Peregrina fosse levada para o Portal da Amazônia, onde decolou em um helicóptero para sobrevoar a cidade.

A Imagem Peregrina sobrevoou os hospitais Santa Casa, PSM da 14, Ophir Loyola, Octávio Lobo, Barros Barreto, Porto Dias, Metropolitano, Hospital de Campanha, Hangar e Abelardo Santos.

Às 11h a Imagem de Nossa Senhora de Nazaré percorreu o trajeto de 3,6 km do Círio de Nazaré pelos céus e finalizou a viagem pousando no estacionamento do Centro Social de Nazaré, onde foi recebida com honras de Chefe de Estado.

Vestida com o manto do Círio 2020, a Imagem da padroeira foi colocada em sua berlinda, decorada na noite de sábado (10) apenas para ser conduzida até a frente da Basílica Santuário. Uma missa é celebrada no templo para encerrar a programação.

A berlinda foi posicionada na Praça Santuário, onde ficará disponível para visitação do público a partir das 15h deste domingo (11).

Por Caio Maia, Gabriela Azevedo e Thais Rezende, G1 PA

JORNALISMO AO VIVO VERTICAL
você pode gostar também