Alvorada Parintins

Justiça decreta prisão de diretor da Gaviões da Fiel por tentativa de homicídio

Thiago Carlos é acusado de espancar o artista parintinense Zílkson Reis, no último dia 27, no barracão da escola, em SP.

A Justiça de São Paulo decretou nesta quinta-feira (31) a prisão temporária de Thiago Carlos Dionísio, diretor da escola de samba Gaviões da Fiel. Ele é acusado de tentativa de homicídio após espancar o carnavalesco Zílkson Reis, de 42 anos, no último dia 27. A informação foi publicada pelo SBT News.

Segundo depoimento, o caso ocorreu dentro do barracão da agremiação, na Fábrica do Samba, zona leste de São Paulo. Zílkson, que faz parte do comitê artístico das Gaviões, sofreu diversos ferimentos pelo corpo, sobretudo na cabeça, onde surgiram coágulos, e teve a costela quebrada. Ele foi levado ao hospital Santa Casa e está em estado grave.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Segundo publicou o SBT, Zílkson informou à polícia que a agressão foi motivada por ciúmes depois que ele teve relações sexuais com uma mulher da escola de samba, que seria namorada de Thiago.

PUBLICIDADE

A Gaviões da Fiel, no entanto, contou que o carnavalesco violentou a jovem e, por isso, foi espancado. Apesar da afirmação, a agremiação ressaltou que “não compactua com qualquer tipo de violência entre os seus integrantes”.

Com ou sem violência sexual, a polícia entende que houve uma tentativa de homicídio de Thiago contra Zílkson.

O caso foi transferido para o 77º Distrito Policial e o motivo da agressão está sendo investigado.

Com informações de SBT News

Relacionadas
Deixe um comentário