Um lugar que era pra ser zelado por quem utiliza diariamente, a escadaria da Caçapava, está impossibilitado de trafegar ou permanecer nas proximidades.

A forma como as pessoas que ali instalaram suas bancas e outros que utilizam para pernoitar estão transformado aquele lugar, dispensa comentários.

Após a escadaria, no sentido de quem vai para o prédio da antiga Caçapava, o mau cheiro, misturado a fumaça de quem prepara o churrasco, provoca mal-estar em quem não está acostumado com a combinação: comida, fezes e urina.

A reportagem Alvorada questionou com os vendedores de alimentos sobre as condições de higiene do local, mas ninguém quis se pronunciar.

Perguntados sobre a visita dos agentes da Vigilância Sanitária no local, a resposta dada por uma mulher não convenceu a equipe, nem mesmo as pessoas que estavam consumindo alimento.

“A vigilância vem todos os dias, faz a fiscalização e nunca proibiu vendermos alimentos neste lugar”, relatou a vendedora.

Red.: Cleimer Carneiro