Red: Cleimer Carneiro

O jovem Marcos Cesar, 35 anos, morreu no Hospital de Parintins na manhã desta sexta-feira (4), um dia depois de ter sofrido um grave acidente na ponte Amazonino Mendes.

Segundo testemunhas, Marquinhos, como era conhecido, dirigia uma moto em alta velocidade e apresentava sinais de embriaguez, quando perdeu o controle da moto e subiu a calçada batendo a cabeça na cerca, na tarde de quinta-feira (3). Ele foi levado ao Hospital e veio a óbito na manhã desta sexta-feira (4).

Seu Álvaro, pai de Marcos, conta que o filho saiu para comprar um sorvete e não voltou mais.

“Ele saiu de casa pra comprar sorvete. Ele tinha duas filhas. Sempre foi um bom filho e sempre ficou do meu lado”, contou o pai emocionado.

Segundo o médico legista Jorge de Paula, a vítima sofreu um afundamento de ‘mais ou menos três dedos’ na região frontal.

“Foi uma morte violenta com exposição de massa encefálica. Ele teve uma hemorragia cerebral devido a um traumatismo cranioencefálico”, disse o médico que fez a necropsia de Marcos.