Alvorada Parintins

Parintinenses se despedem e homenageiam Arlindo Júnior

Família permitiu que o corpo do cantor fosse enviado à Parintins para despedida dos parintinenses

Corpo de Arlindo Júnior foi recebido por parintinenses para últimas homenagens, na manhã desta terça-feira (31). O avião com o corpo do eterno Pop da Salva pousou no Aeroporto Júlio Belém, em Parintins, por volta das 7h da manhã, e o cortejo saiu pelas ruas da cidade, que parou para homenagear o eterno artista, que faleceu no último domingo, 28, após três anos lutando contra um câncer no pulmão.

Foto: Liam Cavalcante

Do Aeroporto Júlio Belém, o corpo de Arlindo Júnior passou pela Cidade Garantido, onde os bumbás dançaram lado a lado, homenageando o eterno cantor da cultura amazônica em uma cena jamais vista antes.

Foto: Liam Cavalcante

A Arena do Bumbódromo, onde Arlindo Júnior defendeu as cores do Bumbá Caprichoso por anos, também recebeu o corpo do eterno apresentador do Touro Negro para as últimas homenagens. O atual amo do Boi Caprichoso, Prince do Boi, conduziu uma última dança ao lado do bumbá, e uma despedida do eterno Pop da Selva, da Arena do Bumbódromo.

Foto: Liam Cavalcante

O cortejo foi recebido no Curral Zeca Xibelão por um mar azul. O último adeus ao eterno apresentador do Boi Bumbá Caprichoso no curral do touro negro foi marcado por homenagens de David Assayag e Edmundo Oran, itens do Caprichoso.

Foto: Liam Cavalcante

Na Catedral de Nossa Senhora do Carmo completamente lotada, o corpo de Arlindo Júnior foi acolhido com muita emoção pelos parintinenses. Artistas, amigos e autoridades fizeram discurso após Celebração da Esperança.

Arlindo será sepultado ainda nesta terça-feira (31), às 14h, no Cemitério Cemitério São João Batista, zona centro-sul de Manaus.

Foto: Liam Cavalcante

História

A carreira de Arlindo Jr. como levantador de toadas teve início no fim dos anos 1980, quando ele se tornou levantador de toadas do Boi Caprichoso, em Parintins. A função foi responsável pelo salto profissional. Por mais de 20 anos, Arlindo conquistou títulos e cantou as toadas clássicas que embalam festas de bumbás pelo Amazonas até os dias de hoje.

você pode gostar também