Alvorada Parintins

Paróquia de São José Operário festeja o seu o padroeiro

Em 2020, a paróquia de São José Operario completou 50 anos de evangelização e, para comemorar, uma super programação havia sido preparada, mas em razão da pandemia da Covid-19 foram necessárias mudanças no roteiro e, até adiamento da comemorações. Apenas a parte religiosa foi realizada.

E, pelo segundo ano, a paróquia de São José teve que fazer adaptaçoes na programação da festa de 2021. De novo a parte social foi suspensa, também por conta da pandemia do coronavírus

A festa do santo carpinteiro ocorreu em quatro noites, apenas com a parte religiosa; dias 28, 29 e 30 de abril e 1º de maio, dia de São José e dia do trabalhador.

As celebrações iniciavam sempre as 18h e foram conduzidas pelo pároco, padre Irley Koide, e o vigário, padre Euler Tavares. No sábado, dom Giuliano Frigeni foi quem presidiu a missa de encerramento. Não houve a parte social como em anos anteriores à pandemia.

Como parte da programação, na manhã dos dias 30 de abril e 1º de maio, a Cáritas Paroquial e membros da comunidade promoveram uma campanha solidária de arrecadação de alimentos não perecíveis. As doações irão compor cestas básicas e serão destinadas às famílias necessitadas.

Apesar do número reduzido de fieis nas celebrações, por conta da pandemia, padre Irley Koide se mostrou agradecido pela realização da festa de a São José. “Graças a Deus ocorreu de forma tinhamos programado a parte religiosa, abordando cada noite a história de nossa paróquia”.

Mesmo sem a parte social, a festa de São José “não foi menos importante ou menor”, avaliou o vigário paroquial, padre Euler Tavares.

As reflexões diárias foram direcionadas ao aprofundamento das história da paróquia. Dona Elizia (62), que participou de todas as noite do tríduo, conta que ela fazia um restrospectiva em sua vida: “cada dia que contavam a história eu fazia um restrospectiva até da minha vida, ouvindo e lembrando das coisas”.

O esposo da dona Elizia, o senhor Adelson Vasconcelos, disse que é “importante que os jovens conheçam a história da paróquia”.

“Nao tem o bingo, não tem o parque, mas tudo bem, uma vez que passe essa pandemia vai voltar, se Deus quiser, espero que ano que vem seja melhor do que este ano”, desejou cantora de liturgia, Karoline Souza (18).

JORNALISMO AO VIVO VERTICAL
você pode gostar também