Alvorada Parintins

Prematuridade: HPC lembra data com evento de conscientização e prevenção

Também na ocasião foi lembrado pelos profissionais de saúde alguns bebês prematuros nascidos no hospital que passaram por tratamento.

A direção do Hospital Padre Colombo (HPC), pertencente a Diocese de Parintins, deu ênfase nesta segunda-feira (30), ao Novembro Roxo que origina o Dia Mundial da Prematuridade, que foi comemorado no último dia 17, promovendo um momento de conscientização, alertando para um problema que afeta 340 mil bebês todos os anos no País.

Um dos anexo da unidade hospitalar foi decorado com a cor roxa em alusão a Prematuridade e fotografias registrando os bebês na fase prematura e no momento atual, os quais estão saudáveis e em plena fase de crescimento. 

Também na ocasião foi lembrado pelos profissionais de saúde alguns bebês prematuros nascidos no hospital, que passaram por tratamento, receberam alta hospitalar e atualmente estão saudáveis e não apresentam qualquer sequela. 

O médico Alberto Figueiredo, gerente especializado do HPC, ressalta o Novembro Roxo, visando mudar essa realidade. “É de fundamental importância para a gente conseguir levar o esclarecimento para a população dos cuidados que precisam ser tomados na gestação”. 

A jovem Amanda Azevedo destacou o atendimento que recebeu da equipe neonatal, evitando que perdesse o seu bebê que está a quatro dias na incubadora. “É muito importante tanto para mim como para todas as outras mães que precisam de ajuda nesse momento que passam por esse momento difícil”. 

Elen Jackeline Maia Dantas, mãe da pequena Maria Izabel, que nasceu prematura disse que teve uma experiência de superação quando a filha nasceu com o apoio da equipe neonatal. “A gente conseguiu vencer os primeiros dias, que são sempre os mais difíceis, com ajuda dos que estiveram aqui apoiando. A gente precisou muito nos primeiros dias tanto eu quanto ela”.

JORNALISMO AO VIVO VERTICAL
você pode gostar também